6 dicas para praticar pole dance no inverno

Com a chegada do inverno, muitos praticantes de pole dance enfrentam desafios a mais para manter o ânimo e a regularidade dos treinos.

Afinal, além dos dias mais curtos e das chuvas que são comuns nessa época do ano, o clima frio faz com que a pele fique mais seca, o que pode comprometer totalmente a aderência necessária para executar movimentos com segurança.

Além disso, a diferença de temperatura entre o corpo aquecido e a barra fria também pode piorar ainda mais o grip, desanimando muitos pole dancers.

Mas, com algumas estratégias específicas, é possível manter a motivação e continuar evoluindo na prática. Então, aqui estão seis dicas para tornar os seus treinos de pole dance no inverno mais produtivos!

Dicas para praticar pole dance no inverno da melhor forma possível

Confira as 6 dicas que separamos para você:

1. Inicie o alongamento/aquecimento com roupa

Durante o inverno, as temperaturas mais baixas podem deixar seu corpo mais rígido, aumentando o risco de lesões. Por isso, é essencial começar seu alongamento e aquecimento usando roupas mais quentes, como calça e blusas de manga comprida.

Mantenha essas peças até sentir que seu corpo está bem aquecido e, quando começar a suar, você pode removê-las conforme necessário.

Esse cuidado ajudará a garantir que seus músculos estejam prontos para os movimentos mais exigentes do pole dance.

2. Hidrate-se!

No inverno, o ar mais seco e as temperaturas frias podem causar desidratação e ressecamento da pele. Por isso, beber água regularmente é essencial para manter seu corpo hidratado e funcionando corretamente. E durante a prática também!

Além disso, nos dias em que não treinar, use um bom hidratante corporal para manter sua pele macia e evitar que ela resseque demais ou até mesmo rache. Peles bem hidratadas têm melhor aderência no pole, o que é fundamental para a prática segura e eficiente.

E como deixamos de passar cremes e óleos corporais nos dias de treino, muitas vezes acabamos nos esquecendo de hidratar a pele depois.

mulher explorando coreografias do pole dance3. Explore giros, movimentos de chão e coreografias

Durante essa época do ano, aproveite para focar em estilos que exploram movimentos fora da barra e não exigem roupas tão curtas, como o Pole Flow, por exemplo.

Essas atividades permitem que você mantenha o corpo em movimento contínuo, ajudando a manter o calor. Além do mais, trabalhar em giros, transições suaves e movimentos coreografados pode melhorar sua fluidez e leveza, aprimorando suas performances.

Experimente criar novas rotinas ou aperfeiçoar aquelas que você já conhece. Só não pode desistir de praticar nos dias cinzas e de baixa temperatura!

 

4. Mantenha o pole sempre limpo

Limpar o pole antes e depois de cada sessão ajudará a manter uma boa aderência e evitará acidentes. No inverno, é comum que os poles acumulem mais resíduos de hidratantes, grips e colas, que podem prejudicar demais o grip.

Por isso, mantenha seu pole (seja em casa ou no estúdio) sempre limpo usando sua toalhinha + álcool 92º ou isopropílico. Nós vendemos diretamente em nosso site pelo nome de Pole Cleaner, caso não encontre na sua cidade. Também não se esqueça de limpar a barra após o uso!

5. Use grips que ajudem na aderência

Durante o inverno, a pele pode ficar mais seca, e a aderência ao pole vira um grande desafio, fazendo você escorregar o tempo todo. Então não hesite em utilizar grips especialmente formulados para melhorar a aderência.

Esses produtos ajudam a aumentar o atrito entre sua pele e o pole, proporcionando mais segurança durante a prática. Alguns deles também contribuem para hidratar a pele.

Teste diferentes tipos de grips para encontrar o que funciona melhor para você, garantindo que possa executar movimentos com mais confiança e não sinta vergonha de contar com essa ajuda extra! O uso de grips é, inclusive, aceito em campeonatos mundiais de Pole Sport e bastante usado pelas atletas.

6. Tenha um pole em casa

Nos dias mais frios ou chuvosos, deslocar-se até o estúdio pode ser o maior dos desafios. Por isso, ter um pole em casa pode ser a solução ideal para manter sua prática consistente durante o inverno.

Isso permite que você treine no conforto da sua casa, sem precisar enfrentar o clima lá fora. Além disso, ter um pole em casa pode aumentar suas oportunidades de prática, ajudando a progredir ainda mais rápido.

A Gaia Pole oferece poles portáteis que podem ser facilmente instalados por uma única pessoa em qualquer cômodo, sem precisar furar nada.

Temos ainda a opção de pole retrátil, com função articulada que permite guardar o pole no teto após o uso. Ideal para quem tem pouco espaço em casa e precisa liberar o ambiente no dia a dia.

São mais de 10 modelos de Gaia Pole para você escolher o que melhor se encaixa na sua rotina!

Seguindo essas dicas, você pode aproveitar ao máximo suas sessões de pole dance durante o inverno, mantendo-se segura e confortável.

Não deixe que o frio interrompa sua prática. Adapte-se e continue evoluindo!

Pole é Gaia. O resto é barra…

Compartilhar este post